SETEMBRO: MÊS DA BÍBLIA SETEMBRO: MÊS DA BÍBLIA
“Em atenção a tua palavra lançarei as redes” (Lc 5,5). Queridos irmãos e irmãs, Neste mês dedicado a bíblia gostaria de meditar convosco a... SETEMBRO: MÊS DA BÍBLIA

“Em atenção a tua palavra lançarei as redes” (Lc 5,5).

Queridos irmãos e irmãs,

Neste mês dedicado a bíblia gostaria de meditar convosco a importância da Palavra de Deus em nossas vidas.

Vivemos em um mundo de muitas palavras, muitas mensagens, muitas noticias, mas tão poucas servem de fundamento para nossas vidas. É impressionante a quantidade de pessoas que perderam o sentido da vida, o ideal da felicidade. Pessoas sem ter aonde alicerçar as suas vidas, suas decisões, seus projetos. São como folhas levadas ao vento.

Mas por que tudo isso?

Creio que uma das respostas mais claras é a ausência da Palavra de Deus como fundamento e alicerce da vida.

Olhemos para a própria Escritura e vejamos o que ela diz de si mesma:

“Pois a Palavra do Senhor é reta, e sua obra toda é verdade…” Sl 33 (32), 4.6

“Seca-se a erva, murcha-se a flor, mas a Palavra de nosso Deus subsiste para sempre”. Is 40,8.

“Como a chuva e a neve descem do céu e para lá não voltam sem terem regado a terra, tornando-a fecunda e fazendo-a germinar […], assim acontece com a Palavra que sai da minha boca: ela não volta a mim sem fruto… Is 55,10-11

“Pois a Palavra de Deus é viva, eficaz e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes; […] Tudo está nu e descoberto a seus olhos. É a ela que devemos prestar contas”. Hb 4,13-13

Mas como vamos prestar contas se nem a conhecemos? Lembremo-nos que a Palavra de Deus não é letra morta, mas viva e fala conosco, se comunica conosco num diálogo amoroso. Eu falo a ela e ela me fala ao coração, e muda minha vida!

Que bela a cena do Evangelho de Lucas, onde Pedro está pescando com seus irmãos e amigos, creio que ela nos ensina a cerca da importância da Palavra.

“Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao lago e lançai as vossas redes para a pesca. Ao que disse Simão: Mestre, trabalhamos a noite toda, e nada apanhamos; mas em atenção à tua palavra, lançarei as redes” (Lc 5, 4-5).

“Trabalhamos”, o termo em grego aqui usado, deriva de um vocábulo que significa “exaustão”. Isso quer dizer que eles trabalharam a noite toda e de maneira exaustiva e nada pescaram. Jesus, uma vez mais, contrariando toda lógica humana, manda que eles lancem as redes ao mar.

Pedro era pescador, conhecia o mar e todas as artimanhas da pescaria, como o melhor local, a melhor hora, etc… Certamente era mais habilidoso na pescaria do que o carpinteiro Jesus. Mas ele que estava aprendendo a confiar em Jesus responde: “Mestre, em atenção à tua palavra lançarei as redes” (Lc 5,5).

O que acontece para quem vive atento à Palavra de Deus:

“Feito isso, apanharam uma grande quantidade de peixes, de modo que as redes se rompiam. Acenaram então aos companheiros que estavam em outro barco, para virem ajudá-los. Eles, pois vieram, e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique” (Lc 5, 6-7).

Quem sabe ainda vivemos com nossos barcos vazios, porque não ouvimos (audere = obedecer) a Palavra do Senhor. Ainda estamos presos aos nossos conceitos, conhecimentos, artimanhas, e não deixamos o Pobre Carpinteiro de Nazaré nos falar ao coração.

“…encheram ambos os barcos…”, a Palavra do Senhor muda a nossa vida e daqueles que estão perto de nós.

Peçamos ao Senhor a graça da escuta humilde à Palavra do Divino Mestre, e deixemos que ela transforme as nossas vidas.

Santo mês da bíblia!

Obs. Sugiro que nesse mês leiam ao menos um livro da Bíblia e deixe ele vos falar ao coração.

Deus nos abençoe!

Ir. Kephas Filho das Santas Chagas

  • Christina ribeiro

    06/09/2011 #1 Author

       Sim, vamos fazer uso desta maravilhosa palavra escrita de Deus nao so no mes de Setembro mas em todos os dias de nossas vida.Deus fala conosco atraves da biblia sagrada. 

  • Vericiana Alves

    28/09/2012 #2 Author

    A palavra de Deus deve ser a inspiração para a nossa vida.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *