Retiro no Mosteiro Pretiosissimi Sanguinis em Jacarezinho/PR Retiro no Mosteiro Pretiosissimi Sanguinis em Jacarezinho/PR
Estivemos reunidas para nos preparar para o tempo da quaresma, tivemos a alegria de vivenciar um retiro, momento preparado pelo próprio Deus… Inicio da Quaresma.... Retiro no Mosteiro Pretiosissimi Sanguinis em Jacarezinho/PR

Estivemos reunidas para nos preparar para o tempo da quaresma, tivemos a alegria de vivenciar um retiro, momento preparado pelo próprio Deus…

Inicio da Quaresma.
A quaresma é tempo da renovação espiritual (um grande retiro). A igreja, esposa de Cordeiro está recolhida. Ela busca reconciliar-se com o seu Celeste esposo, cada falta de generosidade, de fidelidade à graça impede a amizade  íntima com Deus, esfria as relações com Ele, é uma recusa de amor e exige, portanto: Arrependimento, conversão e reconciliação.
Não vivemos uma quaresma simplesmente conceituada a jejum, esmola e oração, de nada valerá todas estas coisas se não houver reta intenção. Eis o que mais agrada a Deus não pede nem largas orações profunda, mas uma vontade reta uma intenção pura, um amor inocente (IMC). Se a penitência não conduz ao esforço interior para eliminar o pecado e praticar a virtude, não pode ser agradável a Deus.
Impelidos ao deserto
(MC4, 1-11) – Este é um acontecimento após o Batismo do Senhor. Qual foi o intuito de Jesus ir ao deserto, e o de satanás em tentá-lo?
Satanás queria que Jesus fracasse no amor, pois deixar de amar a Deus nos três modos:Coração, alma e entendimento seria sua maior vitoria.Jesus portanto é Todo Divino e Todo Humano, e foi esta humanidade de Cristo que o diabo olhara; obviamente ele estava  faminto mas aqui este não é o fato. Se a nos é revelado o valor supremo “Amor a Deus”, entende-se que a intenção de Cristo ir ao deserto foi vencer o pecado libertar o mundo do domínio do maligno e voltar a reinar em nossos corações. E ao mesmo tempo merece para todo homem forças necessária para vencer as insígnias diabólicas! Somos cristãos, filho de Deus, batizados com Cristo, mas não isento delas; recorremos então as armas usadas por Jesus: Penitência, oração, perfeita conformidade à vontade do Pai: “Não só de pão vive o homem,mas de toda a palavra que procede da boca de Deus” (Mt 4,4) quem é fiel à palavra de Deus, quem dela se alimentar constantemente, não poderá ser vencido pelo maligno.
Deserto no linguajar bíblico é um lugar privilegiado de encontro com Deus, com bem conhecido na historia de Israel, Moisés e Elias, João Batista e o próprio Senhor. Para Jesus, porém o deserto não é só lugar de retiro é de intimidade com Deus, mas também de luta suprema. Satanás propõe ao salvador um messianismo de triunfo e de gloria. Tudo o que o inimigo possui são idéias vazias e ilusórias tudo é terreno e passageiro. “ Já o Augustíssimo Senhor nos concede riquezas celestes e que são eternas. Qual reino eu pertenço?
Para Jesus estava muito claro de que mundo seria salvo por meio do sofrimento. As tentações do deserto no ensina que onde há intenções ambiciosas, aspirações ao poder, ao sucesso, à glória, escondem-se sempre a proteção Divina (Mc 1)

Meditação:
“A inconstância de espírito e a pouca confiança em Deus são o principio de tentações perigosas. Assim como as ondas jogam, de uma a outra parte, o nau sem governo, também as tentações agitam o homem remisso e pouco firme nos seus propósitos. O fogo prova o ferro e ao o justo a tentação. Não é grande coisa um homem  ser devoto e fervoroso, quando nada o molesta; mas se no tempo de adversidade sofre com paciência, da grande esperança de aproveitamento. Nenhum homem enquanto viver, está livre das tentações; porque, em nós mesmos está a fonte donde promanam: a concupiscência com que nascemos”.(IMC)
“ A vida do homem sobre a terra é um combate contínuo.” (Jó 7,1).
O habito de recolher-se em si mesmo, o amor de retiro uma atenção constante em seus pensamentos, palavras e sentimentos, a fidelidade aos mais leves deveres e às mais humildes praticas preservam das grandes tentações e chamam sobre nós as graças do céu. (IMC) “O que despreza as coisas pequenas, cairá pouco a pouco”.( Eclo19,1)

Cala-te inteiramente

“ O silêncio é a disciplina pela qual o fogo interior de Deus é cuidado e mantido vivo”. (Henri Nouwen)
O que precisa ser guardado é a vida do Espírito dentro de nós. Não é de se estranhar que muitos ministros tenham se tornado casos apagados, pessoas que dizem muitas palavras e compartilham muitas experiências, mas em quem o fogo do Espírito de Deus está morto e de quem não se houve muito além de suas idéias e sentimentos enfadonhos e mesquinhos. Às vezes parece que nossas muitas palavras são uma expressão de nossa dúvida do que de nossa fé. Sejamos como uma sauna fechada.
Aproveita este tempo propicio de grande retiro espiritual para ficar a sós contigo mesmo e com Deus. O Espírito que te leva ao deserto é quem conduzirá as potências da tua alma para o teu Criador mas para isso precisa está quieta e confiante, não interromper Deus que fala no silêncio. Pare e escute, quando ouvires gritos no teu interior, não perturbeis o vosso coração. Querendo responder a altura dos ruídos é importante que somente saiba seus nomes, pois assim saberás vencê-los. Para ser uma religiosa inteira é necessário recolher estes fragmentos e permitir que o Espírito te devolva a dignidade de esposa do Verbo. “ O silêncio é a morada da palavra” Não é considerado esposa de Cristo quem não está submetida à sua voz.
Quando não se sabe escutar dificilmente pode-se reconhecer a voz do Senhor. Como poderei dizer a quem pertenço? Porque falas, queres consolações? Muito vezes a necessidade de falar é o medo de ver quem eu sou.
Falar tudo e sobre tudo é falta de maturidade espiritual, o homem é o silêncio personificado.
Se vivermos Deus como pode ser mentira a nossa vida?
No silêncio o Espírito Santo dilata o coração para abraçar a humanidade inteira, especialmente aquela que sofre (VULTUM DEI QUAERERE) foi o que aconteceu com o Senhor no deserto.
Quando subimos à montanha espiritual em diálogo com Deus também descemos no sofrimento da humanidade.
Aqui enfrentamos uma enorme luta espiritual  para arrancarmos das garras do inimigo aqueles que ele escraviza, claro para isso é necessário que estejamos cheio do Espírito Santo.
Vejamos: O nosso maio combate hoje, ouso falar é contra esse inimigo da vida contemplativa ( do silencio) “ estilo de vida contemporâneo, no qual “compartilhar” nosso cotidiano tornou-se uma das maiores virtudes. Parece que o nosso tempo nos violenta, de fato estamos sendo talhados para este estilo. Onde está Deus, o fogo do Espírito? Como está a minha vida interior?
Lembre-se, a medida que cresce a chama do Espírito em tua alma maior é a  missão que Deus te confia ;O Espírito te conduz ao deserto e Ele é a tua única voz, agora sim podeis ser corredentora com Cristo.

Meditação:
A minha graça é um dom precioso; ela não sofre mistura de coisas estranhas, nem consolações mundanas. Convém, pois afastes todos os impedimentos da graça, se desejas que te seja infundida.
Procura para ti um lugar retirado, estima fica a sós contigo, não busques conversa com ninguém; dirige antes fervorosas preces a Deus, para que possas ter a compunção de coração e a pureza de consciência. Avalia em nada o mundo todo, prefere o serviço de Deus a todas as coisas exteriores; pois não podes ao mesmo tempo, tratar comigo e deleitar-te em coisas transitórias.
Todavia, se quiser ser verdadeiramente espiritual, faz-se mister renunciar tanto aos estranhos quanto aos parentes e de ninguém guardar-se mais de si mesmo.
Aquele que deseja seguir-me livremente, deverá mortificar suas inclinações desordenadas e não se apegar a criatura alguma com amor apaixonado.
Fica com Ele em tua cela, porque, noutra parte, não encontrarás tanta paz. Se não houvesses ausentado nem prestado ouvidos aos rumores do mundo, melhor permanecerias em boa paz; já que gostas, às vezes de ouvir novidades, prepara-te para sofrer tribulações do coração.
No silêncio e quietação aperfeiçoa-se a alma devota e penetra os segredos das Escrituras. (IMC)

VEJA AS FOTOS!!!

No comments so far.

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *