Quaresma de São Miguel 2017 Quaresma de São Miguel 2017
Ave Miles Christis! Salve Soldados de Cristo!  Precisamos discernir contra quem estamos lutando. Conhecer o inimigo é um dos fundamentos básicos e princípio de... Quaresma de São Miguel 2017

Ave Miles Christis!
Salve Soldados de Cristo!

 Precisamos discernir contra quem estamos lutando. Conhecer o inimigo é um dos fundamentos básicos e princípio de vitória. Estamos em guerra contra um exército aguerrido e extremamente maligno, cujo comandante é um Anjo decaído.
No Céu não havia anjo igual a ele. Ele era o portador da grande luz que resplandecia com uma beleza inigualável entre todas as coisas e seres criados: Eras um selo de perfeição, cheio de sabedoria, de uma beleza acabada. Estavas num Éden, jardim de Deus, estavas coberto de gemas diversas; sardônica, topázio e diamante, crisólito, ônix e jaspe, safira, carbúnculo e esmeralda; trabalhados em ouro tamboris e flautas, a teu serviço, prontos desde o dia em que foste criado. Eras um querubim protetor colocado sobre a montanha santa de Deus; passeavas entre as pedras de fogo. Foste irrepreensível em teu proceder desde o dia em que foste criado, até que a iniquidade apareceu em ti (Ez 28,12-15).
Quando começou a notar que era o mais belo, luminoso e “influente” anjo do Céu, pôs-se a alimentar sobre si mesmo um conceito maior do que lhe convinha. Começou a se encher de orgulho e auto-estima. Encheu-se com um auto-fascínio tão intenso, que começou a amar mais a si mesmo, que o próprio Deus: Tu dizias; escalarei os céus, e erigirei meu trono acima das estrelas. Assentar-me-ei no monte da assembleia, no extremo norte. Subirei sobre as nuvens mais altas e me tornarei igual ao Altíssimo (Is 14,13-14).
O orgulho e a soberba de Lúcifer geraram sua auto-suficiência, e esta, a cegueira espiritual que o levou a desobediência e a rebelião. A soberba precede a ruína, e o orgulho a queda (Pr 16,18). Por isso caiu: No desenvolvimento do teu comércio, encheram as tuas entranhas de violência e pecado; por isso eu te bani da montanha de Deus e te fiz perecer, ó Querubim protetor, em meio das pedras de fogo. Teu coração se inflou de orgulho devido à tua beleza, arruinaste a tua sabedora, por causa do teu esplendor; precipitei-te em terra (Ez 28,16-17).
Para realizar seus intentos, começa a fazer “campanha no Céu”. Consegue convencer a terça parte dos anjos de que era capaz de subjugar Deus e ocupar o seu lugar no trono. Não servirei! Não serviremos! Foi o brado dos anjos rebeldes contra o trono de Deus. Foi quando ocorreu a batalha no Céu: Miguel e seus anjos tiveram de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no Céu para eles. Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva Serpente, chamado Demônio ou Satanás, o sedutor do mundo inteiro, e com ele seus anjos (Ap 12,7-9).
O Anjo decaído e seus sequazes possuem agora uma única missão: destruir e desordenar a obra de Deus, para indiretamente atacá-lo, visto não conseguir atingi-lo. O alvo direto é o homem, a quem conseguiu derrubar do Paraiso, fazendo- o pecar da mesma forma que ele pecou, por orgulho e desobediência. Quer impedir que o homem seja salvo e tenha de volta a sua eternidade junto a Deus.
Estando claro que não lutamos apenas contra e o sangue (cf. Ef 6:12), é fundamental que tenhamos um plano de combate, afinal qual é o rei que estando para guerrear com outro rei, não se senta primeiro para considerar se com dez mil homens poderá enfrentar o que vem contra ele com vinte mil? (Lc 14,31).
A primeira coisa que precisamos conscientizar-nos ao pensarmos nas estratégias de combate é que não somos soldados isolados ou francos atiradores, que se arriscam a entrar no campo de combate sozinhos; SOMOS UM EXÉRCITO, que tem um General invencível e cujas ordens devemos obedecer.
Ao dizer que somos um exército queremos dizer que ninguém precisa mais dar uma de herói solitário que faz tudo sozinho.
Ao longo desses quase 16 anos de Fraternidade o Senhor vem nos capacitando para sermos uma COMUNIDADE toda ela MINISTERIADA. Cada vez mais nos alegramos ao vermos uma comunidade protagonista, responsável, e com tomadas de iniciativas louváveis.
Teimar em assumir tudo sozinho é “burrada”, é um suicídio desnecessário, ou no mínimo, um ato de puro egoísmo.
Deus nos deu irmãos, irmãs, leigos, jovens, filhos, pessoas solidárias com a causa do Reino, da salvação das almas e dos pobres, justamente para não “guerrearmos” sozinhos. O Senhor nos convoca, como um exército em marcha, para invadir o território inimigo e transportar os cativos para o Reino da Luz; E teus servos equipados para a guerra marcharão ao combate diante do Senhor (Nm 32,27).
Nessa Quaresma dedicada ao Arcanjo Miguel, queremos nos desfazer de todo comportamento individualista e presunçoso que nos leva a pensar que sozinhos podemos tudo; de que não precisamos de ninguém. Sozinhos somos presas fáceis! Sozinhos podemos até irmos mais rápidos, entretanto, é uma questão de tempo, as forças faltarão e então nos cansaremos e não iremos muito longe.
Non solum, in unum! Não sozinhos, juntos! Este será o nosso grito de batalha. Será a jaculatória a ser repetida todas as vezes que nos colocarmos em oração.
Busquemos pressurosamente o Sacramento da Confissão pelo qual exorcizamos todo pecado do individualismo, do egoísmo, da suficiência humana, da presunção, etc.
Vivamos essa Quaresma, de modo particular, o momento em que nos reunimos para rezá-la, de maneira diligente e bem-disposta e que não desanimemos do “meio para o fim”. Tenho certeza de que todos aqueles que a fizerem resoluta e fielmente, alcançarão grandes graças e poderosos auxílios a nível pessoal, familiar e comunitário.
Desejo a todos uma fraterna, vigilante e combativa Quaresma de São Miguel!

Vosso fundador,
Pe. Gilson Sobreiro, pjc

  • Celia Pereira de Lima soares

    18/09/2017 #1 Author

    A Paz e o bem a todos !
    Fiquei feliz com este texto da quaresma de São Miguel Arcanjo. me propus a realiza la , mas nem sempre estou acompanhada para rezar; estou 34º dia e muitos o fiz sozinha; digo fisicamente. Sinto que são orações fortes ..

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *