Patriarca do Ocidente? Não, obrigado, disse Bento XVI Patriarca do Ocidente? Não, obrigado, disse Bento XVI
Em seu pontificado Patriarca do Ocidente? Não, obrigado, disse Bento XVI

No início do seu pontificado, Bento XVI decidiu realizar três gestos simbólicos de grande valor que provavelmente foram pouco destacados.

1. A tiara papal fora do escudo papal

O primeiro gesto foi que ele decidiu não representar a tiara, que não estava sendo usada desde a época de Paulo VI, no escudo papal. Em vez disso, está a mitra episcopal que cada bispo costuma usar para a celebração da Missa.

2. O Pálio Episcopal

O segundo gesto é que Bento XVI decidiu colocar pela primeira vez o pálio, o ornamento litúrgico que os arcebispos metropolitanos usam e que recorda a missão de ser pastor do rebanho que Deus lhes confiou.

O pálio é feito com lã de ovelhas abençoadas pelo Pontífice em 21 de janeiro, dia de Santa Inês.

O pálio é imposto pelo Papa aos arcebispos metropolitanos a cada ano na Solenidade de São Pedro e São Paulo.

3. Renunciou ao título de Patriarca do Ocidente

E a terceira novidade, que se constata ao olhar o Anuário Pontifício de 2006, tem um claro significado ecumênico.

O Papa tem inúmeros títulos: Bispo de Roma, Vigário de Jesus Cristo, Sucessor do Príncipe dos Apóstolos, Sumo Pontífice da Igreja Universal, Primaz da Itália, Arcebispo e Metropolita da Província Romana, Soberano do Estado da Cidade do Vaticano, Servo dos servos de Deus e também Patriarca do Ocidente.

Bento XVI decidiu rechaçar o título de Patriarca do Ocidente, deixando como herança um grande gesto ecumênico, que é explicado em uma declaração do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, dirigido naquela época pelo Cardeal alemão Walter Kasper.

“Atualmente, o significado do termo Ocidente exige um contexto cultural que não se refere apenas à Europa Ocidental, mas se estende dos Estados Unidos até Austrália e Nova Zelândia, diferenciando-se assim de outros contextos culturais”.

“Se quer dar ao termo Ocidente um significado aplicável à linguagem jurídica eclesiástica, pode ser entendido somente em referência à Igreja latina. Portanto, o título de Patriarca do Ocidente descreveria a relação especial do Bispo de Roma com esta última e poderia expressar a jurisdição especial do Bispo de Roma pela Igreja Latina. Consequentemente, o título de Patriarca do Ocidente, com o passar do tempo, tornou-se obsoleto e praticamente inutilizável”.

“A renúncia a tal título – continuou o Pontifício Conselho – deseja expressar um realismo histórico e teológico e, ao mesmo tempo, ser a renúncia de uma pretensão, renúncia que pode ser benéfica para o diálogo ecumênico”.

Por ACI Digital

No comments so far.

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *