Conheça 13 craques católicos que estão na Copa da Rússia Conheça 13 craques católicos que estão na Copa da Rússia
Esportes Conheça 13 craques católicos que estão na Copa da Rússia

A Copa do Mundo 2018 já está aí. E muita gente quer escalar o time dos sonhos – com alguns substitutos, por via das dúvidas – que vai entrar em campo para colocar sua nação no caminho da glória do futebol.

Além do talento no campo, alguns jogadores se destacam pela fé que eles demostram e o desejo de compartilhá-la com o mundo inteiro. E são várias as formas de que eles se utilizam para fazer isso: em declarações públicas, fazendo peregrinações ou ajudando instituições de caridade. Em qualquer uma delas, esses jogadores sabem quem é a verdadeira fonte de inspiração (em campo e fora dele).

Clique em “Abrir a galeria de fotos” abaixo para conhecer esses atletas talentosos e o papel que a religião tem em suas vidas.

NOTA: embora a Itália não tenha chegado à Copa da Rússia, estamos dando uma menção especial ao notável goleiro Gianluigi Buffon, por sua participação em cinco Copas do Mundo consecutivas – de certa forma, ele “está” na Copa da Rússia também, já que o povo italiano é tão apaixonado por futebol quanto o brasileiro! Forza Italia!

LIONEL MESSI

Lionel Messi, Argentina. O atacante disse que, se a Argentina ganhar a Copa, ele fará uma peregrinação de 50 quilômetros até o Santuário de San Nicolás, em sua terra natal. O jogador tem uma grande tatuagem de Jesus em seu braço direito.

SERGIO AGUERO

Sergio Aguero, Argentina. O atacante vai se juntar a Messi na peregrinação, mas acrescentou um desafio: ambos vão correr a distância até San Nicolas.

MANUEL NEUER

Manuel Neuer, Alemanha. O goleiro apoia um grupo católico que ajuda a combater a pobreza infantil e um grupo de jovens liderado por frades capuchinhos.

JAMES RODRIGUEZ

James Rodriguez, Colômbia. O meia-atacante tem uma tatuagem de Jesus em sua canela e sempre compartilha nas redes sociais que seu sucesso é dedicado a Deus.

JAKUB BLASZCZKYOWSKI

Jakub Błaszczykowski, Polônia. Quando criança, a tragédia atingiu este meia. O pai dele assassinou a sua mãe, mas ele permanece firme na fé e foi embaixador da Jornada Mundial da Juventude em 2016.

CRISTIANO RONALDO

Cristiano Ronaldo, Portugal. Sim, é católico! E não tem vergonha de manisfestar publicamente sua fé. O craque costuma rezar antes dos jogos, coleciona rosários enviados pelos fãs e, ao contrário de muitos jogadores, não faz tatuagens porque é um exímio doador de sangue.

ANDRES INIESTA

Andres Iniesta, Espanha. Antes da Copa do Mundo de 2010, o meia prometeu que, se a sua equipe vencesse, ele faria uma peregrinação pelo Caminho de Santiago de Compostela.

SERGIO RAMOS

Sergio Ramos, Espanha. O zagueiro e capitão da seleção espanhola tem uma tatuagem da Virgem Maria no braço esquerdo.

GIANLUIGI BUFFON

Gianluigi Buffon, Itália. O goleiro de 40 anos fez uma peregrinação a Medjugorje, na Bósnia, depois da Eurocopa 2012.

RADAMEL FALCAO

Radamel Falcao, Colômbia. O atacante é muito devoto, estuda a Bíblia e reza antes de cada jogo. Costuma envolver os companheiros nestes estudos.

OLIVIER GIROUD

Olivier Giroud, França. O atacante católico tem uma tatuagem do Salmo 23 (em latim): “O Senhor é meu pastor, nada me faltará”. Ele já disse várias vezes que religião lhe traz paz.

VEDRAN CORLUKA

Vedran Corluka, Croácia. Fugindo de sua terra natal, a Bósnia, durante a guerra, o meia voltou ao seu país para ajudar a financiar e reconstruir a igreja da vila em que ele morava. Ele também usa uma pulseira com ícones católicos.

EDINSON CAVANI

Edinson Cavani, Uruguai. Em uma entrevista, o atacante disse que se considera “um atleta de Cristo”. Ele explicou “Eu jogo para Ele, para dar-lhe glória, para agradecer a Ele por me dar a habilidade de jogar futebol”.

Por Aleteia

No comments so far.

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *